Publicidade
Publicado em 12/07/2022 08h30

Cooperativa Languiru fecha parceria com marketplace da Campear

Plataforma de e-commerce possibilitará a expansão da Cooperativa em lojas virtuais com foco no produtor rural.
Por: Assessoria de Imprensa

Uma das maiores e mais tradicionais cooperativas de produção agropecuária do Rio Grande do Sul, fundada há 66 anos e com mais de 5,7 mil associados, a Languiru, com sede em Teutônia (RS), amplia sua atuação no varejo com estreia no comércio virtual. A filial on-line das lojas Agrocenter oferece uma ampla linha de insumos, como sementes, fertilizantes, defensivos agrícolas e medicamentos veterinários. Já a Agrocenter Máquinas disponibiliza máquinas, peças, implementos agrícolas e acessórios, inclusive os equipamentos da marca alemã Claas, que a Languiru importa e tem distribuição exclusiva para todo o Rio Grande do Sul.

As duas lojas virtuais estão na Campear.com, plataforma digital focada no agronegócio que funciona como uma grande vitrine para comerciantes, fabricantes, prestadores de serviços e agricultores. O gerente de Máquinas e Equipamentos da Agrocenter Languiru – Máquinas, Neodi Elias Tischer, revela que todos os lançamentos ficam em destaque no novo site www.campear.com/agrocenter-maquinas. “O produtor rural gosta e está aberto às novidades. Um dos nossos objetivos é antecipar as tendências para ele”, afirma. “Por exemplo, o maquinário agrícola, geralmente, está ligado a alguma operação na lavoura. Então temos que trazer equipamentos que supram as mudanças no campo e as necessidades do produtor”, acrescenta Tischer.

A plataforma tem informações completas, com fotos, características e valores dos itens ofertados. E é uma forma de ampliar a visibilidade dos estoques. “O agricultor que vai na loja física só vê uma parte de tudo o que oferecemos, mas pela via on-line ele pode ver um produto que está na filial de outra região” complementa Tischer.

A Languiru é a primeira cooperativa a fechar parceria com a Campear.com. Referência na produção de alimentos de origem animal, com frigoríficos de aves, suínos, bovinos, indústria de laticínios e fábrica de rações, a cooperativa também conta com operações no setor de supermercados, farmácias e postos de combustíveis, além das lojas Agrocenter. “No momento em que uma cooperativa, com mais de 60 anos de história e tradição, nos confia essa parceria, demonstra que estamos no caminho certo e realizando um bom trabalho. Ter a Languiru ao nosso lado é extremamente significativo e vamos nos esforçar ao máximo para entregar um bom resultado para eles”, pondera Esequiel Ransolin, sócio e um dos fundadores da startup.

As duas lojas on-line da Cooperativa estão na categoria Premium, que oferece anúncios ilimitados, relatórios avançados de acessos e consultoria avançada em marketing digital e campanha personalizada de anúncios, entre outras facilidades. “Entregamos informações detalhadas ao lojista, desde os produtos mais pesquisados, o que despertou maior interesse do cliente e tudo o que envolve a loja”, acrescenta Ransolin, que garante, “é muito mais compensador, para uma empresa, entrar no ramo do e-commerce através de parceria, como a Campear, do que começar do zero e montar uma equipe”.

No ar há menos de um ano, a Campear é a primeira plataforma de e-commerce e marketplace para o agro brasileiro com rede própria de franquias. Oferece ao usuário facilidade de manuseio e simplicidade ao fazer negócios, e é acessível de qualquer computador ou smartphone. A startup tem sede no Tecnovates, em Lajeado (RS), um dos mais importantes polos de inovação do Rio Grande do Sul, mesmo parque tecnológico em que a Languiru mantém um escritório voltado para o aprimoramento da capacidade de inovação da Cooperativa, incluindo pesquisa e produção de novos produtos.

O gerente da loja Agrocenter focada em insumos (www.campear.com/agrocenterlanguiru),  Martim Fernando Brackmann, acredita que quem não se adequar ficará fora do mercado. “A Languiru está no Tecnovates para aprimorar e produzir produtos cada vez melhores, prezamos muito pela qualidade”, afirma. A expansão das lojas de varejo para o on-line, segundo Brackmann, ocorre em um momento favorável para o agro. “As gerações mais novas são muito ligadas à internet e isso está facilitando, inclusive, a sucessão no campo. Queremos estar mais perto do produtor rural e conquistar novos clientes, promovendo mais facilidades para eles. As filiais on-line fazem parte da expansão do nosso negócio”, finaliza.