Publicidade
Publicado em 29/06/2022 11h33

Carne de Búfalo ganha espaço em eventos gastronômicos e surpreende consumidores

No mês de julho criadores associados à Ascribu participam no município de Santana do Livramento de uma churrascada internacional onde uma carcaça inteira de búfalo será a grande atração.
Por: Rejane Costa

A participação em eventos que têm a carne como destaque está contribuindo para divulgar os benefícios dos produtos derivados do búfalo à saúde do consumidor. Criadores que pertencem à  Associação Sulina de Criadores de Búfalos (Ascribu) estiveram presentes na Fenasul Expoleite deste ano, assim como nas comemorações dos 250 anos de Porto Alegre (RS), consagrada como a Capital Mundial do Churrasco. E outros eventos ligados à gastronomia estão no radar da entidade.

A presidente da Ascribu, Desireé Möller, afirma ser muito importante a participação de búfalos nos eventos gastronômicos. Lembra que durante a Fenasul Expoleite, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), foi oferecida a degustação de carne e de queijo de búfalas e as pessoas se surpreendiam com a leveza e o sabor dos produtos. “E no evento dos 250 anos de Porto Alegre nada mais justo do que ter churrasco de búfalo, portanto a nossa carne estava lá presente”, ressalta, informando que em julho próximo a entidade participará em Santana do Livramento (RS) de uma grande churrascada internacional, no evento “A Ferro e Fogo”, com o Chef Marcos Livi. “Vai ter a churrasqueira dos brasileiros e dos uruguaios, e a grande atração será uma carcaça inteira de búfalo”, complementa.

Conforme Desireé, nos dois eventos já realizados foi possível constatar que o consumidor final não conhece os produtos derivados do búfalo, tanto o queijo quanto a carne, e se surpreende ao degustá-los. “Nós temos um queijo bem leve, com menos colesterol, mais vitaminas, proteínas e minerais. Temos o leite com a vitamina A prontamente disponível, assim como a ausência da beta caseína  A1, que causa desconforto gástrico. O leite de búfala tem a beta caseína A2”, explica. 

Já a carne de búfalo tem 40% menos colesterol e 55% menos calorias em comparação à carne bovina. A presidente da Ascribu enfatiza, ainda, que é uma carne 12 vezes  com menos gorduras no geral, assim como tem 10% mais  proteínas e minerais. “Além de ser uma carne mais magra, outra vantagem é que os búfalos são praticamente animais criados  a pasto, quase uma carne verde, sem a presença de organosfosforados”, observa. 

Desireé também destaca que, de uma forma geral, o búfalo não tem carrapato, o que reduz muito o manejo com carrapaticidas. Outro fato que ela considera interessante é o abate de novilhos com idades entre 18 e 20 meses, pesando quase 400 quilos. “Então, além de ser uma carne muito jovem, é uma carne macia, sem gordura e muito saborosa”, conclui.