Publicado em 11/06/2021 10h52

Aumento na procura faz preço da carne de frango subir em junho no Brasil

Frango inteiro congelado ficou 5,9% mais caro no atacado em São Paulo. Já a coxa com sobrecoxa congelada subiu 4,5%

`

frango_supermercado_carnes

A maior demanda no mercado interno tem feito subir os preços do frango no Brasil. Entre 2 a 9 junho, o frango inteiro congelado se valorizou 5,9% no atacado em São Paulo, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP).

O produto estava cotado na terça-feira (9/6) a R$ 6,91 por quilo. Em Toledo (PR), chegou a R$ 7,35/kg, alta de 3,6%. Os cortes e miúdos também subiram. Em São Paulo, a coxa com sobrecoxa congelada ficou 4,5% mais cara e foi vendida a R$ 7,19/kg.

Por outro lado, o coração congelado se desvalorizou 0,8%, sendo negociado a R$ 17,46 por quilo. "Vale ressaltar que a proteína de frango, mesmo com as recentes valorizações, ainda segue comercializada a preços mais em conta que as concorrentes bovina e suína", observam os pesquisadoers.

Além disso, segundo o Cepea, os elevados custos de produção com os insumos nutricionais (milho e farelo de soja) e os gastos com energia elétrica pressionama as margens do setor avícola, que tenta reajustar os preços diante do aumento na procura pelos consumidores.

Autoria: Estadão Conteúdo

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.