Publicado em 24/11/2020 00h36 - Atualizado em 27/12/2020 00h06

Exportações de suco de laranja recuam 19,17% em outubro

Safra menor e estoques mais elevados estão entre as principais razões para a baixa

`

Os embarques totais de suco de laranja brasileiro no período de julho a outubro, que marca os primeiros quatro meses da safra 2020/2021, fecharam com um volume de 319.574 toneladas. O número representa uma redução de 19,17% em relação ao mesmo período da safra passada, quando foram exportadas 398.064 toneladas.

De acordo com as informações da CitrusBR, em faturamento, as exportações somaram US$ 458,6 milhões no período, 33,3% menor ante as US$ 687,2 milhões registradas de julho a outubro de 2019. Segundo o diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Netto, as principais razões para a baixa continuam sendo a alta produção de suco na safra passada e a consequente recomposição nos estoques do produto. “Na safra passada tivemos uma produção de 1,2 milhão de toneladas de suco, 37,4% acima do período anterior. Isso permitiu recompor os estoques internacionais de suco brasileiro”.

Em 30 de junho de 2019 os estoques globais de suco de laranja em poder das empresas associadas à CitrusBR eram de 253.181 toneladas. Após o processamento da safra 2019/20, 36% maior que anterior e meses de ritmo forte de embarques, esses estoques foram recompostos a 471.138 toneladas em 30 de junho de 2020.

 

Autoria: Aline Merladete | Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.