Publicado em 12/08/2017 22h05

Colheita de milho atinge 83% da área no Centro-Sul, diz AgRural

Há um ano, a colheita estava em 85%, enquanto a média de quatro anos é de 79%

Mii

A AgRural estimou a segunda safra de milho em 67,2 milhões de toneladas (Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini)

A colheita da segunda safra de milho 2017 atingiu nesta semana 83% da área cultivada com o cereal na região Centro-Sul do Brasil, avanço de nove pontos porcentuais ante a semana anterior, informou nesta sexta-feira (11/8), a consultoria AgRural. Há um ano, a colheita estava em 85%, enquanto a média de quatro anos é de 79%.

Segundo a consultoria, a previsão de chuva para parte do Centro-Sul nos próximos dias fez com que produtores acelerassem os trabalhos de campo na última semana. No Paraná e em Mato Grosso do Sul, que devem concentrar as chuvas previstas, a colheita atingiu 78% e 69% da safra, respectivamente, segundo a AgRural.

Na região de Cornélio Procópio, no norte paranaense, mais da metade da área ainda precisa ser colhida, e produtores estão atentos às previsões do tempo, conforme a consultoria. Em Naviraí (MS), onde deve chover no fim de semana, cerca de 65% da safrinha está colhida. Também há previsão de chuva para São Paulo, onde a colheita foi concluída em apenas 35% da área. Em Minas Gerais, que deve seguir com tempo seco, 75% da colheita foi concluída.

Ainda de acordo com a AgRural, a colheita atinge 99% da área em Mato Grosso, que segue com problemas de logística e armazenagem - no oeste do Estado, há dificuldade de escoamento via Rondônia devido ao nível baixo do rio Madeira. Em Goiás, 83% da safrinha foi colhida, segundo a AgRural, que ressaltou que, no sudoeste do Estado, os problemas por falta de espaço nos armazéns têm aumentado. A AgRural estimou a segunda safra de milho em 67,2 milhões de toneladas.

Autoria: Estadão Conteúdo

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014