Publicado em 10/07/2024 16h10

Índia planeja aumentar importações da Rússia

O fortalecimento dessa parceria é evidenciado pela meta de comércio bilateral.
Por: Leonardo Gottems

Em um movimento estratégico para fortalecer ainda mais os laços comerciais no setor agrícola e de fertilizantes, Índia e Rússia anunciaram planos ambiciosos após a recente visita do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, a Moscou. Conforme reportado pela Reuters, a Índia aumentou suas importações de grãos e produtos derivados da Rússia em 22 vezes na temporada 2023-24.

Durante a visita, Modi expressou gratidão ao presidente russo, Vladimir Putin, pelo fornecimento consistente de fertilizantes, um recurso crucial para a agricultura indiana. "Graças à nossa amizade, conseguimos resolver as dificuldades dos agricultores indianos", disse Modi a Putin. "Nós atendemos a todas as suas necessidades de fertilizantes. Este é um papel especial da nossa amizade."

O fortalecimento dessa parceria é evidenciado pela meta de comércio bilateral de US$ 100 bilhões até 2030, uma meta significativamente elevada em comparação aos atuais US$ 65 bilhões, conforme destacou o secretário de Relações Exteriores da Índia, Vinay Mohan Kwatra.

Dados divulgados pelo órgão regulador agrícola russo revelam que a Rússia exportou até 89,3 milhões de toneladas de grãos e produtos derivados em 2023-24. Esse aumento nas exportações reflete a crescente dependência da Índia dos produtos agrícolas russos, especialmente em um momento em que a estabilidade no fornecimento de fertilizantes é crucial para sustentar a produtividade agrícola do país. Essa cooperação reforçada entre Índia e Rússia não apenas sublinha a importância da diplomacia econômica, mas também destaca a interdependência global no setor agrícola.