Publicado em 17/06/2024 08h32

Ucrânia aumenta previsão de produção de grãos

Esta projeção detalha uma produção esperada de 21 milhões de toneladas de trigo.
Por: Leonardo Gottems

Em 14 de junho, o Ministério da Agricultura da Ucrânia anunciou uma revisão para cima em sua previsão de produção de grãos para a campanha de comercialização de 2024-25, que tem início em 1º de julho, aumentando-a em 7%. De acordo com Taras Vysotskiy, ministro interino da Agricultura, a nova estimativa coloca a produção total em 56 milhões de toneladas, um aumento em relação às 52,6 milhões de toneladas previamente estimadas.

Esta projeção detalha uma produção esperada de 21 milhões de toneladas de trigo, 28,5 milhões de toneladas de milho e 5 milhões de toneladas de cevada. Além disso, Vysotskiy enfatizou que as exportações agrícolas totais, incluindo grãos, óleos e sementes oleaginosas, deverão ultrapassar 60 milhões de toneladas. Especificamente, as exportações esperadas são de 25 milhões de toneladas de milho e 15 milhões de toneladas de trigo.

Apesar dos danos à infraestrutura de exportação de cereais da Ucrânia desde a invasão russa em fevereiro de 2022, o país conseguiu manter níveis significativos de exportação de cereais. Segundo o Serviço Agrícola Estrangeiro do Departamento de Agricultura dos EUA, a Ucrânia permanece como o quarto maior exportador mundial de milho e o sexto maior exportador de trigo na temporada 2023-24.

Essas revisões positivas na produção e nas exportações são um testemunho da notável resiliência do setor agrícola ucraniano diante dos desafios enfrentados. Esses aumentos reforçam ainda mais a posição da Ucrânia como um dos principais protagonistas no mercado global de grãos, destacando sua capacidade de não apenas manter, mas também expandir sua influência e participação significativa na economia agrícola mundial.