Publicidade
Publicado em 20/06/2022 09h10

EUA: investidores apostam em alta do milho

Em trigo, fundos de hedge e outros grandes investidores mantiveram uma posição líquida.
Por: Leonardo Gottems

Gestores de dinheiro aumentaram suas posições líquidas longas, ou apostas em preços mais altos, em milho e soja na semana passada, reduzindo suas apostas de alta no trigo, de acordo com a Commodity Futures Trading Commission. Os investidores nos sete dias que terminaram em 14 de junho mantiveram 253.240 contratos futuros de milho, informou a CFTC em um relatório.

Isso é superior aos 239.592 contratos da semana anterior e a maior posição desse tipo desde a semana que terminou em 24 de maio. Os especuladores estavam com 158.379 contratos futuros de soja na última terça-feira, acima dos 153.654 contratos da semana anterior, disse o governo.

Em trigo, fundos de hedge e outros grandes investidores mantiveram uma posição líquida comprada de 34.939 contratos futuros de inverno vermelho forte na semana passada, abaixo dos 36.218 contratos da semana anterior. Essa é a menor posição de alta no trigo de inverno vermelho duro desde os sete dias que terminaram em 8 de fevereiro, disse a agência.

Os investidores reduziram seus longos líquidos no trigo de inverno vermelho-claro para 6.963 contratos futuros líquidos na semana passada, abaixo dos 13.774 contratos da semana anterior e a menor posição desse tipo desde 1º de março, informou a CFTC em seu relatório. O relatório semanal Commitment of Traders da Commodity Futures Trading Commission mostra as posições dos traders nos mercados futuros.

O relatório fornece posições mantidas por traders comerciais, ou aqueles que usam futuros para proteger seus ativos físicos; comerciantes não comerciais, ou gestores de dinheiro (também chamados de grandes especuladores); e não reportáveis, ou pequenos especuladores. Uma posição líquida longa indica que mais traders estão apostando em preços mais altos, enquanto uma posição líquida curta significa que mais estão apostando que os futuros cairão.