Publicidade
Publicado em 21/02/2022 11h41

Território da Carne promove debate sobre o comportamento do consumidor, gestão, inovação e rastreabilidade durante a ExpoMeat

Evento promovido em parceria com o Sebrae trará um conteúdo singular sobre tendências, tecnologia e comportamento do consumidor de carnes, além de cases de sucesso com experiências de experts do setor.
Por: Assessoria de Imprensa

A cadeia de produção animal brasileira é significativamente grande e com inúmeras vertentes a depender do tipo de espécie produzida, região geográfica e bioma, sistema de produção adotado, tipo de processamento, bem como o consumidor alvo a ser atingido.

Andrea Mesquita, CEO do Território da Carne

O consumidor está cada vez mais atualizado, com acesso a informações e, como consequência, mais exigente quanto à qualidade da carne que coloca em sua mesa. É por isso que, pela primeira vez, a organização da ExpoMeat, evento que será realizado entre os dias 15 e 17 de março, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP), reuniu especialistas e agentes de toda a cadeia da carne para trazer importantes reflexões e ferramentas para serem colocadas em prática.

Em parceria com o Sebrae, o Território da Carne - uma Startup que nasceu da preocupação com o alto desperdício de carne e que busca democratizar o conhecimento por um consumo de carne mais consciente - promoverá o painel "O futuro do varejo de carnes e outras proteínas: Gestão, Inovação e Reastreabilidade”.

Tendências e comportamento de consumo de proteína animal, os fatores que impactam a qualidade da carne, rastreabilidade, o novo mercado digital para a venda de carnes e a mais alta tecnologia envolvida na produção e comercialização final serão alguns dos temas apresentados por especialistas do setor.

Além das palestras, serão promovidas mesas redondas compostas por médicos e profissionais da saúde, além de profissionais de Zootecnia e Veterinária, que vão abordar – de forma inédita – a relação entre o consumo de proteínas animal e vegetal com a saúde humana – tudo isso embasado no que há de mais recente na ciência.

Tecnologias em destaque

As novas tecnologias, técnicas, canais de venda e de comunicação já fazem parte da realidade deste mercado e serão amplamente debatidas durante o encontro.  É o que explica a zootecnista Andrea Mesquita, CEO do Território da Carne. “Todas essas novidades trazem ganhos em produtividade e qualidade da matéria-prima, mas exigem capacitação e conhecimento por parte dos envolvidos na cadeia de produção de carne”, explica.

Andrea é uma das palestrantes do evento e apresentará no dia 16, às 16h30, o tema “Consumidor Moderno: fatores que afetam a decisão de compra da carne”.  Ela relata que o setor de proteína animal no Brasil tem evoluído na busca por tecnologias que permitam a automatização dos processos dentro e fora das fazendas.  “A chegada da tecnologia tem colocado o empresário para pensar, principalmente em quanto tempo ele vai conseguir permanecer na atividade sem se aprimorar. Vejo uma grande mudança na forma como o setor tem buscado se informar sobre as opções para aumento de eficiência”, diz.

Porém, Andrea conta que, sendo o Brasil um país de dimensões continentais e ao comparar com outros países também produtores em escala, observa-se ainda um vasto trabalho a ser feito no campo para que o acesso a essas ferramentas para aumento de eficiência, produtividade, otimização de custos e mão de obra seja ainda maior. “Se por um lado dizemos que no campo existem desafios para o alcance da automatização, no que se refere ao processamento na indústria, o cenário é diferente. O Brasil está entre os países com maior avanço em termos de processos industriais e sanitários”, afirma. “Por isso é que, se quisermos seguir pensando na evolução no setor de proteína animal brasileiro entre os pequenos, médios e grandes players, precisamos nos aprimorar na agregação de valor no produto final e trabalhar para que nosso consumidor entenda, reconheça, valorize e busque por isso”, ressalta a zootecnista.

Sobre o Território da Carne

Fundada pela zootecnista Andrea Mesquita, a Startup com foco em geração de negócios dentro da cadeia de proteína bovina através da educação, Território da Carne nasceu com o principal propósito de reduzir as perdas deste importante alimento principalmente dentro, mas também fora dos açougues. Seu objetivo é auxiliar na forma como é feita a administração do comércio, nas avaliações de qualidade do produto, na capacitação do time, no posicionamento digital, bem como na escolha de fornecedores certos, auxiliando nas decisões de compra do empresário, entre outros aspectos importantes dentro do negócio.

Já passaram pelo ecossistema da Startup dezenas de proprietários, gestores, empreendedores, administradores, gerentes de serviço, consultores e empreendedores do varejo, indústria e do campo que atingiram melhores resultados através de metodologias próprias, elaboradas pela empresária.

Sua frente de trabalho está baseada em quatro pilares: Compreensão da Cadeia, Aumento da Eficiência, Consumo + Consciente e Busca por Excelência.

Andréa Mesquita é zootecnista e Fundadora da Território da Carne. Sua missão é ajudar empreendedores e empresas da Cadeia da Carne Bovina a usar todo o potencial para transformar seus resultados através de práticas adquiridas por ela ao longo dos anos. Atualmente cursa Master of Business Administration (MBA) em Negócios do Varejo: Estratégia & Gestão na FIA Business School.

Mais informações:  www.oterritoriodacarne.com.br