Publicado em 13/02/2015 11h12

Agricultores do Tocantins preparam plantio do milho safrinha

A produção agrícola no Tocantins ganha espaço, cada vez mais, na diversificação do plantio. Neste período que se inicia a colheita da soja, acontece também o início do plantio do milho safrinha como mais uma alternativa de renda para os produtores rurais, principalmente os agricultores familiares.

liso

A região de Campos Lindos, Nordeste do estado, é destaque desta cultura sazonal, correspondendo por 40% da produção tocantinense. Para o engenheiro agrônomo da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Genebaldo Barbosa Queiroz, a produção do milho safrinha garante mais renda para o produtor.

Em entrevista ao programa Nossa Terra desta quarta-feira (11), Genebaldo Queiroz falou aos ouvintes da Rádio Nacional da Amazônia como funciona o cultivo do milho safrinha no Tocantins e quais os benefícios que a produção desta cultura vem trazendo para os agricultores da região.

Ele contou que o agricultor deve plantar o milho até o final de fevereiro, através de plantio direto, uma vez que no estado as chuvas ocorrem a partir de março e se estendem até maio. Os que começam a plantar em fevereiro têm reduzidas as chances de perder a safra.

O engenheiro agrônomo ressaltou que a produção de qualquer tipo de grão no estado tocantinense não se estende a muitos agricultores. Questões relacionadas, dentre outras, ao maquinário para trabalhar, por exemplo, atrapalham o ritmo de produção para os que não têm muitas condições de investimento.

Genebaldo Queiroz destacou, ainda, que há uma grande variedade de milho safrinha no Tocantins. Na primeira safra, que ocorre em meados de outubro, tem-se um milho de ciclo mais longo, em torno de 90 a 95 dias, com característica mais resistente e uma maior produtividade.

Já para o milho safrinha, em que a produção se dá no final do período chuvoso, são utilizadas variedades com um ciclo mais curto, em torno de 80 dias.

Confira a íntegra da entrevista nesta edição do Nossa Terra e saiba mais sobre o plantio de milho safrinha no Tocantins.

O programa vai ao ar de segunda a sexta, às 17h, na Rádio Nacional da Amazônia, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Apresentação Airton Medeiros.

Autoria: EBC

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014