Publicidade
Publicado em 11/02/2022 23h28

EUA: Soja e grãos sobem no comércio noturno

O USDA relatou vendas de produtos agrícolas para compradores no exterior.
Por: Leonardo Gottems

Os futuros de soja subiram nas negociações durante a noite, com sinais de forte demanda por suprimentos dos Estados Unidos, segundo o agriculture.com. Exportadores relataram ontem vendas de 299.700 toneladas métricas de soja para um país não identificado, disse o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). 

Do total, 233.700 toneladas são para entrega na safra atual que termina em 31 de agosto e 66.000 são para entrega na safra 2022-2023, informou o USDA. Na quarta-feira, o USDA divulgou vendas de exportação de 240.000 toneladas métricas de grãos dos EUA para a China para entrega no ano comercial de 2022-2023. 

O USDA relatou vendas de produtos agrícolas para compradores no exterior em cada um dos últimos 10 dias úteis desde 28 de janeiro, mostram dados do governo. As vendas de exportação de soja e trigo aumentaram na semana encerrada em 3 de fevereiro, enquanto as vendas de milho caíram. 

Os investidores também estão de olho no clima sul-americano. A chuva está chegando na hora errada em partes do Brasil onde os agricultores estão fazendo trabalho de campo, de acordo com o Commodity Weather Group. Até 8 polegadas de chuva está prevista para cair nos próximos 10 dias em vários estados brasileiros. Ainda assim, os 10% do sudoeste do país ainda estão muito secos, disse o meteorologista. 

Na Argentina, no entanto, a precipitação é esperada nos próximos dois dias e as chuvas aumentarão na próxima semana, disse o CWG. Os futuros do trigo estavam subindo em meio às crescentes tensões entre a Rússia e a Ucrânia. Os EUA pediram a seus cidadãos que deixem a Ucrânia imediatamente em meio a preocupações de que a Rússia possa atacar a Ucrânia a qualquer momento. A Rússia acumulou mais de 100.000 soldados ao longo de sua fronteira com a Ucrânia.