Publicado em 13/08/2019 10h41

Certificado Halal trará oportunidades ao mercado brasileiro

“Para que haja o acesso a comunidade islâmica, os segmentos industriais interessados devem respeitar princípios"

Um estudo realizado pela Pew Research Center, dos Estados Unidos, indicou que o certificado Halal, que certifica os alimentos que foram produzidos a partir das leis muçulmanas, trará muitas oportunidades ao mercado brasileiro. Isso porque, de acordo com a pesquisa, existe a presença de 2,3 bilhões de cristãos no mundo e 1,8 bilhão de muçulmanos e esse mercado movimenta US$ 2,5 trilhões por ano. 

No entanto, os dados coletados a partir do levantamento mostram que esse número tende a equilibrar a balança até 2060, onde devem haver 3 bilhões de católicos e 3 bilhões de muçulmanos no Planeta. Países da África, por exemplo, região com acentuada presença do islamismo, cada mulher tem de 4 a 6 filhos, acelerando o crescimento da população vigente e apontado como uma das explicações para este crescimento. 

De acordo com o CEO da Siil Halal, certificadora Halal do Brasil sediada em Chapecó (SC), Chaiboun Darwiche, esse patamar deve ser responsável pelo crescimento do mercado no Brasil. No entanto, ele diz que, “para que haja o acesso a comunidade islâmica, os segmentos industriais interessados devem respeitar princípios e normas a fim de assegurar aos consumidores higiene, rastreabilidade e conformidade às leis islâmicas vigentes por meio da certificação Halal. Documento fiel de garantia emitido por uma instituição certificadora Halal reconhecida por países islâmicos, para atestar que as empresas, processos e produtos seguem os requisitos legais e critérios determinados pela jurisprudência islâmica (Sharia)”, conclui o especialista. 

Autoria: Leonardo Gottems - Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014