Publicado em 05/12/2018 09h44

Exportações de algodão podem aumentar 35% em 2019

“A produção brasileira de algodão deverá aumentar para 2,5 milhões de toneladas"

Os agricultores brasileiros estão aproveitando os fortes preços do algodão para aumentar sua produção de algodão e, consequentemente, suas exportações de algodão. De acordo com Michael Cordonnier, da Soybean & Corn Advisor, Inc., espera-se que o Brasil exporte 1,7 milhão de toneladas de fibra em 2019 depois de exportar 1,25 milhão de toneladas de fibra em 2018. 

 

“A produção brasileira de algodão deverá aumentar para 2,5 milhões de toneladas em 2018/19, em comparação com 2,1 milhões de toneladas em 2017/18, mas as exportações de algodão podem ser incertas devido à disputa comercial entre a China e os EUA A China é a maior importadora de algodão e os Estados Unidos são o maior exportador de algodão. Quanto o algodão que o Brasil exporta para a China dependerá, em certa medida, se a disputa comercial entre os dois países for resolvida no momento em que o Brasil começar a exportar algodão durante o segundo semestre de 2019”, comenta. 

 

O aumento de 500.000 toneladas representaria um aumento de 35%, sendo que a Associação Nacional de Exportadores de Algodão (Anec) considera que a campanha de comercialização do algodão brasileiro será de julho a junho. 

“Além da disputa comercial, geralmente 60% a 70% das exportações brasileiras de algodão ocorrem durante o segundo semestre do ano, mas isso pode cair para 50% a 55% durante o segundo semestre de 2019 devido à falta de contêineres. Problemas com a disponibilidade de contêineres já estão atrasando as exportações deste ano em duas ou três semanas. O Brasil é hoje o segundo maior exportador de algodão depois dos Estados Unidos”, indica.

Autoria: Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014