Publicado em 04/12/2018 18h08

Paraná chega ao fim de plantio de soja com lavouras em melhor condição, diz Deral

Até a véspera, 99 por cento da área prevista havia sido semeada, igual na comparação anual

O Paraná entrou em dezembro com o plantio de soja da safra 2018/19 praticamente encerrado, em linha com o observado há um ano, porém com as lavouras em condições melhores, sinalizando um bom potencial produtivo no segundo maior produtor brasileiro da oleaginosa, disse o Deral nesta terça-feira.

Até a véspera, 99 por cento da área prevista havia sido semeada, igual na comparação anual.

O plantio no Estado até começou acelerado, a exemplo do que também ocorreu em regiões de Mato Grosso e São Paulo, por exemplo, mas acabou perdendo ritmo em razão de chuvas em excesso nos últimos meses.

Em boletim semanal, o Departamento de Economia Rural, vinculado à Secretaria de Agricultura do Paraná, disse que até o momento 97 por cento das plantações estão em boa condição, ante 90 por cento há um ano.

Além disso, 11 por cento do total plantado já está em frutificação, versus 3 por cento em igual momento de 2017, resultado do início precoce do plantio.

“A colheita deve ser um pouquinho mais antecipada neste ano, porque o produtor conseguiu adiantar o plantio”, disse o analista Marcelo Garrido, do Deral.

Conforme Garrido, as atenções agora se voltam para o desenrolar climático, uma vez que a continuidade de chuvas em excesso pode ocasionar proliferação de doenças nas lavouras, como a ferrugem asiática.

“O que podemos ter é questão sanitária, não queda de produtividade. Isso pode aumentar o gasto para o produtor”, comentou.

Em sua mais recente estimativa, divulgada no final de novembro, o Deral disse que os produtores paranaenses semeariam 5,45 milhões de hectares com soja na temporada vigente, estável ante 2017/18.

A produção, entretanto, deve aumentar em 2 por cento, para 19,63 milhões de toneladas, refletindo um rendimento também 2 por cento maior, em 3,60 toneladas por hectare.

Autoria: Reuters

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014