Publicado em 10/08/2018 16h58

Vendas de café 2018/19 do Brasil evoluem para 38% do total

Na comparação com 10 de julho, houve um avanço de sete pontos percentuais nas vendas, segundo dados da Safras divulgados nesta quinta-feira

Na comparação com 10 de julho, houve um avanço de sete pontos percentuais nas vendas, segundo dados da Safras divulgados nesta quinta-feira. A comercialização de café seguiu ativa ao longo de julho, primeiro mês da temporada comercial 2018/19, ressaltou o consultor da Safras Gil Barabach.

Apesar da queda no preço e do fluxo mais cadenciado de venda por parte do produtor, os negócios, de uma forma geral, acabaram evoluindo bem, completou a consultoria em nota. “A necessidade de caixa do produtor e a agressividade de algum exportador mais curto garantiram liquidez aos negócios, justificando a boa performance”, afirmou o consultor. “É bom destacar, que o grande saldo de vendas antecipadas da safra nova (negócios a termo) também ajuda a explicar o expressivo volume comercial comprometido pelo produtor na atual temporada”, completou.

O ritmo de vendas está acima de igual período do ano passado, quando girava em torno de 34 por cento e também mais acelerado em comparação à média dos últimos cinco anos para o período, algo em torno de 36 por cento da produção, disse a consultoria. Dessa forma, de acordo com a Safras, as vendas de café da safra nova alcançam 22,78 milhões de sacas.

No caso do arábica, o produtor vendeu 35 por cento da safra, um percentual acima de igual época do ano passado (30 por cento), mas em linha com a média para o período do ano. Já a comercialização de café conilon alcança 44 por cento da safra, contra 45 por cento em igual período do ano passado e 42 por cento de média para o período.

Autoria: Reuters

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014