Publicado em 16/04/2018 18h30

Sete estratégias que auxiliam na produtividade do trigo

Balanceamento hormonal favorece formação de perfilhos na planta impactando na colheita

PerfilhamentoTrigo_Alltech Crop Science_1

Entre os meses de abril e maio, os produtores da região Sul do Brasil começam a plantar o trigo em substituição à soja em suas lavouras. Neste ano, a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de que o país colha aproximadamente 4,6 milhões de toneladas, sendo os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná responsáveis por 86% desse volume.

Para atingir um bom resultado final, o produtor precisa estar atento desde os primeiros dias após a germinação da semente. Neste período, inicia-se a formação dos perfilhos, estrutura importante para a produtividade da planta. “Ter um trigo que não cresça muito e que tenha perfilhos férteis é o grande desafio. É a partir do perfilho fértil que serão formadas as folhas e os nós reprodutivos, de onde serão geradas as flores e depois os grãos do trigo”, explica o engenheiro agrônomo Fransérgio Batista, gerente técnico especializado em grãos da Alltech Crop Science.

De acordo com o especialista, este equilíbrio entre o crescimento do vegetal e a formação de perfilhos está ligado ao balanço hormonal da planta. “Quando tenho um hormônio chamado auxina sendo produzido em excesso na planta de trigo, ele vai inibir a produção da citocinina, que é o principal hormônio responsável pelo perfilhamento do vegetal. O manejo do produtor precisa dar condições para que a planta tenha um balanço hormonal satisfatório”, reforça Batista.

Na cidade de Júlio de Castilhos (RS), o consultor Alcione Portella conta com clientes produtores de trigo e afirma que o manejo é essencial para bons resultados futuros. “Se não adubar, ter cuidado com pragas e doenças e realizar os tratamentos corretos, nem adianta plantar”, ressalta. Entre os cuidados ao longo do ciclo, o produtor destaca conhecimento da variedade a ser plantada, da região, do tipo de solo e do clima.

Conheça sete dicas do engenheiro agrônomo para favorecer a produtividade do trigo:

1 – Definir época adequada de plantio: importante para que a cultivar escolhida se desenvolva de maneira correta na região onde o produtor está localizado.

2 - Espaçamento adequado de plantio: cuidado essencial pois um espaçamento muito curto estimula a planta a crescer além do necessário.

3 – Densidade de sementes: atenção a este ponto facilita a distribuição das sementes e evita alta população de plantas, impactando em produtividade.

4 – Fertilidade do solo: em alguns casos, colocar uma população de plantas alta em solo muito fértil resulta em crescimento exagerado do vegetal, então é necessário compreender como está a fertilidade da área.

5 - Controle do acamamento: é importante que o produtor tenha estratégias para evitar que o trigo tombe e com isso tenha problemas com pragas e doenças.

6 - Controle de pragas e doenças: fundamental para que a produtividade não seja comprometida.

7 - Uso de aminoácidos e precursores hormonais: essas soluções naturais auxiliam a planta a alcançar o balanço hormonal adequado para desenvolvimento dos perfilhos e redução do acamamento.

--

Sobre a Alltech Crop Science

A Alltech Crop Science, divisão agrícola da Alltech Inc., desenvolve soluções naturais para os desafios da agricultura nos principais mercados do mundo. Por meio de produtos com alto valor agregado e tecnologia exclusiva nas linhas de nutrição, proteção e performance, garante sustentabilidade e lucratividade ao produtor rural. A Alltech Crop Science do Brasil é formada pela maior fábrica de leveduras do mundo, localizada em São Pedro do Ivaí (PR), pela sede em Maringá (PR) e pela unidade em Uberlândia (MG).

Autoria: Camila Castro | Centro de Comunicação

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014